quinta-feira, 15 de março de 2012

PERIGO: Caramujos africanos aparecem em casa no bairro Escola Agrícola em Blumenau. Saiba mais sobre o que fazer quando encontrar um em sua casa:

PERIGO: Caramujos africanos aparecem em casa no bairro Escola Agrícola em Blumenau. As fotos foram tiradas hoje (15/03/12) em uma casa próximo da Rua Regente Feijó. A moradora perferiu não se identificar. Somente nesta noite ela encontrou 3 na casa dela o tamanho desses caramujos variam entre 10 a 15cm.
Saiba mais sobre o que fazer quando encontrar um em sua casa:Foto de Jaime Batista da Silva
O QUE É O CARAMUJO GIGANTE AFRICANO (ACHATINA FULICA)?
É um molusco grande, terrestre, nativo do leste e nordeste da África. Quando adulto, atinge 15 cm de comprimento, 8 cm de largura e mais de 200 gramas de peso total.
Foi introduzido no Brasil para ser comercializado como escargot. Comercializar Achatina como escargot é fraude. Ele não é comestível. Atualmente este molusco é encontrado em 14 estados brasileiros. Vivendo livremente, está se tornando séria praga, em especial nas regiões litorâneas.
Ataca e destrói plantações de mandioca, batata-doce, feijão, amendoim, abóbora, mamão, tomate e verduras, flores, frutas e folhas de diversas espécies. Sobe em muros e invade casas. A cada 2 meses, um caramujo põe 200 ovos e, após 5 meses, os filhotes viram adultos e começam a se reproduzir.
Sobrevive o ano todo, se reproduzindo mais rapidamente no inverno. É resistente à seca e ao frio.Sobrevive em terrenos baldios, plantações abandonadas, sobras de construções, pilhas de telhas e de tijolos. É um molusco grande, terrestre, nativo do leste e nordeste da África. Foto de Jaime Batista da Silva
QUE DOENÇAS O CARAMUJO AFRICANO PROVOCA?
Pode transmitir dois vermes:
- Angiostrongylos cantonensis – causador da angiostrongilíase meningoencefálica humana, que tem como sintomas dor de cabeça forte e constante, rigidez da nuca e distúrbios do sistema nervoso.
- Angiostrongytus costaricensis – causador da abgiostrongilíase abdominal, doença grave que pode resultar em morte por perfuração intestinal, peritonite e hemorragia abdominal. Tem como sintomas dor abdominal, febre prolongada, anorexia e vômitos
.A identificação do verme é difícil, pois os ovos do mesmo não aparecem nas fezes dos doentes e o próprio verme é desconhecido da maioria dos médicos sanitaristas e protologistas. A simples manipulação dos caramujos vivos pode causar contaminação, pois os vermes podem ser encontrados na secreção dos caramujos.
Ao se instalar em hortas e pomares, o caramujo pode contaminar verduras, frutas e disseminar doenças. Não abandone ao ar livre as conchas do caramujo gigante africano sem destruí-las, pois as mesmas servirão como criadouros naturais para o mosquito transmissor da dengue e da febre amarela. Foto de Jaime Batista da Silva
O QUE FAZER QUANDO ENCONTRAR UM CARAMUJO GIGANTE AFRICANO?Certifique-se que é mesmo o caramujo gigante africano. Em caso de dúvida, procure a Secretaria Municipal de Saúde ou a Regional de Saúde.
Recolha os caramujos manualmente, sempre com luvas descartáveis ou sacos plásticos.Para matá-los, deve-se queima-los dentro de latas ou tonéis. Depois quebrar as conchas e enterrá-las. Também pode-se simplesmente esmaga-los e enterra-los. Não coloque os caramujos no lixo, pois poderão estar transferindo a infestação. Em Blumenau, pede-se para pegar os caramujos com uma luva ou plástico e entregar em um posto de saúde mais próximo.
Foto de Jaime Batista da Silva
ATENÇÃO
Não use veneno, pois afeta o meio ambiente e não o molusco. Só pegue o molusco se estiver com luvas ou com saco plástico envolvendo as mãos. Assim, o caramujo não transmite doenças. Não deixe em seu terreno telhas, tijolos, sobras de construções ou excesso de plantas. Eles servem de criadouros.

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde / Superintendência de Vigilância em Saúde / Vigilância Epidemiológica
http://www.vigilanciasanitaria.sc.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=311&Itemid=571

15 comentários:

Josana disse...

Tem milhares desses aqui na empresa, já ligamos no posto de saúde onde foi indicado para fazer a coleta, mas nos informação q não há o receptor para a coleta.

Anônimo disse...

Lá em casa já apareceram vários. Descobri que sabão em pó mata o molusco, só jogar em cima da lesma. Além disso serve como repelente dele também, fazendo um caldo com sabão em pó e água, que fique bem grosso, espalhando em volta do terreno.

CaracolAfricano.com disse...

www.CaracolAfricano.com
www.smtpilimitado.com/kennel/AliancapelaVida.pdf

Frank disse...

Tenho casa em Navegantes, so achei jeito de mata-los colocando sal sobre ele (lesma), o sal queima ele e morre, so deve cuidar pois solta um liquido com isso.

Anônimo disse...

Na minha residencia (regiao norte de Blumenau) ja perdi a conta de quantos caramujos ja encontrei.
De tamanhos variados, todos, foram levados para o posto de Saude mais proximo.

Walter Rodrigues disse...

walter rodrigues de maringá paraná .
aqui na casa ende eu aluguei esta infestado com estes caramujos o que eu posso fazer para acabar com eles !

Walter Rodrigues disse...

na minha casa tem varios destes como faço para acabar com eles walter de maringa

Anônimo disse...

a melhor maneira de diminuir esta praga é coloca-los em uma lata e colocar cal virgem(cal de pintar casa ou de fazer traço de massa)

Anônimo disse...

a melhor maneira de diminuir esta praga é coloca-los em uma lata e colocar cal virgem(cal de pintar casa ou de fazer traço de massa)

Anônimo disse...

Encontrei um desses em meu quintal. Moro no litoral de Navegantes.

Anônimo disse...

Para exterminar com essas pestes é bom também catá-los usando luvas e colocar em uma lata e jogar água com sal ou simplesmente o sal sobre eles, que morrem todos.

Anônimo disse...

o melhor jeito é manter seu quintal limpo e toda a vizinhança fazer o mesmo procedimento, se for possível até os terrenos abandonados, nos mesmo nos prontificarmos e fazer a coleta com proteção,a catação ainda é o melhor controle!

jose de pontes disse...

eu jose de pontes, reconhecido na tribuna da camara federal, em levar uma cidade em 20 dias 24678 mil kilos erradicados, reconhecimentos na camara municipal de registro sp, basta entrar no google pesquisador jose de pontes
mas o que falta e intrece das vigilancias sanitaris e poder publico, ja poderiamos ter erradicados, mas nao existem intereces, o mesmo e pombos quais estao matando, mesmo assim, nenhuma atitudes sao tomandas, vao para o youtube jose de pontes agradeço a atençao deste blog do jaime, e de grande utilidades ao povo

Anônimo disse...

coloque sal

Anônimo disse...

Essas pragas se proliferam muito rápido. Com este tempo de chuva a cada dia aparecem mais. Ja fiz o queimadouro deles e estou pronto.