quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Morre homem de 34 anos que foi atropelado por um ônibus ontem em Blumenau no corredor de ônibus que dá acesso à Rua das Palmeiras.

Morre homem de 34 anos que foi atropelado por um ônibus ontem em Blumenau no corredor de ônibus que dá acesso à Rua das Palmeiras.
Foto de Jaime Batista da Silva


Adriel Roberto Sobierai de apenas 34 anos morreu no hospital nesta madrugada após ser atropelado ontem na Rua Amazonas na frente do Hospital Santa Catarina e do Supermercado Angeloni da Fonte. Ele foi atropelado no corredor de ônibus e ele estava na faixa de segurança.

O local é muito perigoso pois os ônibus seguem no corredor no contra-fluxo do trânsito e por isso o grande risco de acidentes neste local, bem como na Rua Dois de Setembro na Itoupava Norte, onde também existe muito acidentes com ônibus.

11 comentários:

Anônimo disse...

NÃO FOI FATALIDADE, FOI SÓ O PREVISÍVEL.
NÃO SÓ ACONTECERÁ MAIS CASOS NESTA VIA, MAS TAMBÉM EM OUTRAS ONDE HAJA O CORREDOR DE ÔNIBUS, PRINCIPALMENTE AS VIAS EM CONTRA-FLUXO.

Karina Helena Rodrigues disse...

Que Deus conforte está família.. há quase um ano, tive uma colisão com um ônibus.. estava de Biz e a roda dianteira ficou em cima de mim.. sei como é difícil para a família..!!

Karina Helena Rodrigues disse...

Que Deus conforte está família.. há quase um ano atrás tive uma colisão com um ônibus.. estava de Biz e fiquei em baixo da roda dianteira, presa.. sei como é difícil para a família!!

Anônimo disse...

A família desta vítima, e de todas as outras vítimas por causa do corredor de ônibus (principalmente os em contra-fluxo) deveriam pedir uma indenização aos responsáveis pela porcaria de projeto tal como fizeram as famílias das vítimas do incêndio em Santa Maria.
Não vejo diferença entre um caso e o outro, são ambos classificados em imperícia técnica.
Os nossos corredores de ônibus são tão assassinos quanto uma danceteria esperando para pegar fogo.
Outra coisa, os tempos para a travessia do pedestre nas sinaleiras deveriam ser revistos. Pessoas com alguma idade não conseguem atravessar em tempo, vide sinaleira 7 de Setembro - Padre Jacobs. Tenho certeza ter sido essa a causa do atropelamento do pedestre em sinaleira e faixa de segurança pelo guarda de trânsito. O senhor atropelado era um idoso.
Onde estão as pessoas que deveriam vigiar isso e impedir que fatos tais não ocorram?
Já sei: faltam os competentes. Pessoas erradas ocupando cargos para os quais não têm competência.

Indiamara Guizzo disse...

É infelizmente mais uma vítima do descaso no transito, nosso vizinho se foi, e fica a tristeza dos familiares, porque o pessoal não respeita a sinalização, será q não veem q a faixa foi feita para o pedestre...???

Karina Helena Rodrigues disse...

Deus irá dar força a está família!

Anônimo disse...

Se os motorista de ônibus respeitassem as faixa de pedestre não teria problema o problema e que eles acham que eles não precisam respeitar pois estão na faixa de ônibus, esse não foi o primeiro e nem será o ultimo se o judiciário não punir o motorista e a Empresa.

Anônimo disse...

... e ELES ainda querem R$ 3,50 para continuar atropelando.
Os ônibus são uma porcaria e o serviço prestado pior ainda.

Anônimo disse...

Motoristas 007: TODOS COM PERMISSÃO PARA MATAR.

Anônimo disse...

CORREDOR DE ÔNIBUS: CORRA SENÃO O ÔNIBUS TE PEGA.
CONTRA-FLUXO: ENGENHARIA NAS COXAS.
HOUSTON, WE HAVE A LOT OF PROBLEMS !!!

Daniele disse...

Meu marido se foi , e ngm fez nada, simplismente , o motorista q o atropelou ainda percorre pela cidade ,como se nada tivesse acontecido , é nosso Brasil não é ?? Mas eu e meu filho , e demais familiares , estamos inconformados , estamos sofrendo , mas tbm esperando justiça , pq ele nao voltará mais , mas alguém terá q se responsabilizar , pq a dor , a saudade , e a destruição de nossa família,tem responsáveis sim...pelo q eu sei , a faixa é para pedestres , q era o caso dele (meu marido)e sei tbm , q aí em Blumenau , Onibus nao andam , eles correm , voam , isso nao foi uma fatalidade nao, isso foi uma IRRESPONSABILIDADE imensa , q pra mim, dói e vai machucar pra sempre ,nao me conformo e nao aceito,pois ele era motorista de carreta , sempre foi cuidadoso,viajávamos com ele, sempre atento nos mínimos detalhes, andou pelo Brasil inteiro, e fora tbm, e sua vida foi interrompida numa FAIXA DE PEDESTRE, nao, naooooooooooo, nao aceitoooo, sem mais palavras!