domingo, 13 de fevereiro de 2011

Morte no Trânsito de Blumenau - Jovem de 23 anos encontrado morto em uma rua da Itoupava Central, ao lado de sua moto de Indaial.

Morte no Trânsito de Blumenau - Jovem de 23 anos encontrado na Itoupava Central, caído e com politraumatismo, ao lado de sua moto de Indaial, onde veio a óbito.

NESTA MADRUGADA (13/02/11) À 01h19min, NA RUA GUSTAVO ZIMMERMANN, BAIRRO ITOUPAVA CENTRAL, FOI ENCONTRADO O JOVEM VOLMIR LIVÉRIO, 23 ANOS, CAÍDO NA VIA, APRESENTANDO POLITRAUMATISMO E ESTANDO JÁ EM ÓBITO. AO SEU LADO ESTAVA A MOTOCICLETA HONDA CG-150 DE COR AZUL, PLACA MCX-8846 DE INDAIAL. SEU CORPO FICOU AOS CUIDADOS DO IGP/IML.
SEGUNDO O BOLETIM DO SETERB, ALGUNS POPULARES DISSERAM QUE O MESMO ABALROOU-SE CONTRA UM VEÍCULO DE COR BRANCA QUE EVADIU-SE DO LOCAL SEM
SER IDENTIFICADO.
*
Fonte: Bombeiros de Blumenau.

5 comentários:

Batata disse...

Infelizmente, mais um sobre moto. De 6 mortes no transito registadas em vias blumenauenses 5 eram sobre este veiculo. Estes é vendido nas lojas com simbolo de liberdade, velocidade e aventura. Quando na Verdae é uma apreensão aos parentes, um atrativo ao perigo (motivado pelo simbolismo)e um poluidor atmosférico e sonoro.

André disse...

Sr. Batata, me desculpe mas discordo. O perigo não fica no veículo, mas sim em quem está sobre o mesmo. De que adianta pôr a culpa em uma máquina sabendo que a mesma nada faz sozinha? Quem compra uma moto sabe que precisa tomar cuidados assim como em um carro, mas na maioria das vezes os usuários esquecem desse detalhe. É só saber respeitar as normas de segurança e as leis que tudo funcionará perfeitamente. Obrigado.

Miriam Mesquita disse...

Quem anda de automóvel é multado se não usar o cinto de segurança. As motocicletas atingem a mesma velocidade de um automóvel e não oferecem proteção alguma.
Acho que o problema está, sim, no veículo e também em quem dirige.

Carlos R. disse...

Acho que você não entendeu. Não coloquei a culpa no Veiculo e sim nas pessoas que esquecem do perigo que ele representa. O esquecimento é reforçado por campanhas publicitárias que vende este veiculo como objeto de sonho e liberdade. Veja com olhar critico o comerciais de motos e carros. Eles nunca estão presos no transito, eles sempre estão andando livremente em alta velocidade por uma estrada ou por locais de aventura. Quando não chegam ao cumulo, como uma que eu vi onde um cara pula encima de um carro e começa a surfar. Ou um onde a moto em alta velocidade e para simbolizar a liberdade aparece o Slongan "#####, Na asas da liberdade". Eu coloquei claramente (Motivado pelo simbolismo).

Batata disse...

Em um post saiu o meu apelido e no outro o meu nome...Vai entender este Google...